“Salvar” um homem amado da impotência sexual

A qualidade da ereção nos homens não depende do fator idade. A saúde geral (hormônios, coração e vasos sanguíneos, etc.) depende da idade e, por sua vez, a qualidade da ereção depende disso. Portanto, você pode ouvir uma variedade de histórias sobre homens que dão à luz crianças entre 80 e 90 anos. Isto não é um milagre, mas um bom estado de saúde, juntamente com o desejo de desfrutar. Por que a função erétil falha? Existem dois tipos de motivos para isso: psicológico e orgânico.

Apesar do fato de que a variedade de causas orgânicas (devido à falta de ecologia, radiação e outros fatores) está crescendo e se expandindo, as causas psicológicas da impotência estão seguramente na liderança. Não importa o quanto a literatura mundial nos tenha convencido de que os homens são o sexo mais forte, eles são muito, muito vulneráveis. Estresse no trabalho, sobrecarga escolar, conflitos com a família, sensação de desamparo e insegurança – qualquer um desses fatores pode arruinar radicalmente uma vida sexual. Clique para mais informações em Max Power Funciona.

A melhor maneira de “salvar” um homem amado da impotência é não prestar atenção ao seu fracasso na cama. E depois de algum tempo, tente novamente, o que provavelmente terminará com finais felizes para ambos.

Quando você deve começar a se preocupar? Quando os problemas da cama se tornam regulares. Nesse caso, as razões podem estar tanto no estresse prolongado quanto em uma das seguintes causas orgânicas.

O tratamento da disfunção erétil começa com a eliminação da causa da doença: se a impotência é causada por problemas hormonais, é necessário fazer um tratamento para restaurar os níveis hormonais. Se a causa for uma perturbação no sistema nervoso, a condução nervosa é restaurada sob o controle de um neurologista.

Uma ereção é devolvida com a ajuda de medicamentos famosos que contêm inibidores da fosfodiesterase tipo 5 (contra-indicados para pacientes com doenças cardiovasculares!). Curiosamente, essas pílulas ajudam a estabelecer uma vida sexual tanto com distúrbios orgânicos de potência quanto com os psicológicos. No segundo caso, com a ajuda da droga, o homem recupera a confiança na cama – e isso é exatamente o que é necessário para façanhas sexuais bem-sucedidas! Tão logo o ato sexual de um agravante volte a ser um evento bem-vindo, trazendo prazer indubitável, as pílulas podem ser abandonadas.